Construções históricas 01: “grande mesquita de Djenné”


A Grande Mesquita de Djenné é o maior edificio em adobe do mundo.

Localiza-se na cidade de Djenné, no Mali, a qual foi declarada como patrimônio mundial pela Unesco em 1988.

A mesquita foi construída em 1280 por Koy Konboro, o 26º rei de Djenné, no lugar do seu antigo palácio. No final do século XIX, no entanto, à medida que o número de crentes diminuia a mesquita foi caindo em ruínas, chegando a ser reconstruída com o seu aspecto original em 1906.


A construção possui muros espessos, nos quais estão enterrados pedaços de madeira de palma e três torres com aproximadamente 20 metros de altura, formando robustos pilares pontiagudos inteiramente feitos de terra. Este material é denominado adobe e é fabricado com argila misturada com palha picada, excremento bovino, e, às vezes, manteiga de karité. Uma vez erguida, a parede é coberta com um revistimento de barro.

Anualmente é realizado o reparo dos revestimentos da mesquita, onde toda a comunidade de Djenné se envolve. Alguns dias antes o reboco é preparado nas valas, o qual precisa de tempo para ser curado, mas precisa de constante movimento para ser agregar bem; geralmente uma tarefa dos mais novos, que brincam no barro enquanto fazem a mistura. Os homems sobem as altas torres com andaimes e escadas feitas da madeira de palma e aplicam o reboco. Outro grupo de homens carrega o reboco das valas para o grupo de trabalho na mesquita.

É feita uma corrida para ver quem leva primeiro o reboco para a área de trabalho. Acredita-se que aqueles que contribuirem com o revestimento da mesquita tem suas preces atendidas.

Fontes: Wikipedia e Facebook

Comments

comments